quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Carnaval e Frevo


Sábado de carnaval; Ouvi dizer que o mundo vai se acabar... pode acabar o petróleo , pode acabar tudo em fim, mas deixe o frevo pra mim. Eu quero entrar na folia meu bem....

Domingo de Carnaval; ...Vamos caí no passo ....frevo....é uma energia que começa na cabeça, depois entra no corpo e termina no pé...

Segunda de Carnaval; ... quando o frevo começa...é uma pintura, ninguem me segura... vem ver como é... o frevo começa lá em São José depois em Olinda na praça do jacaré... é bom demais! Bom demais! Vem como é.

Terça-feira de carnaval ; ... Sou um mameluco, sou de casa forte, sou de Pernambuco, sou leão do norte... . Mas é carnaval, não me diga quem é você, amanhã tudo volta ao normal, deixa a festa rolar, deixa o barco correr, que hoje eu sou da maneira que você me quer , o que você pedir eu lhe dou, seja você quem for, seja o que Deus quiser.

Quarta-feira de sinzas; Ô! Quarta feita ingrata chega tão depressa só pra contrariar. È de fazer chorar vendo a alegria que passa ao ver o carnaval se acabar. Ô quarta ingrata!



Obs; Compositores brasileiros nos deixam esssas palavras, nas belas canções, escritas pra nosso frevo, e ao longo da festa do nosso carnaval, essas frazes são repetidas por milhares de pessoal, em um grande coral.

Add caption
 É lindo ver, o dia amanhecer com violões e pastorinhas mil, dizendo bem " que o Recife tem o carnaval melhor do meu Brasil!".

 
CHICA




Obs.: imagem copiada do do saty centro de cultura de educação popular de rio das ostras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário